quarta-feira, 16 de março de 2016

Um ano de Canadá!!!!

Eu estou fazendo um milhão e meio de coisas, mas eu tinha que vir aqui pra deixar registrado: estou completando um ano de Canadá!!!




Nem tem como descrever um ano em algumas palavras. Mas posso dizer que estou bem. Estou muito satisfeito com as decisões que tomei e como tenho conduzido as coisas (ou elas têm me conduzido) até aqui. Estou longe de conhecer intimamente a cidade, o país, o modo de vida canadense, mas, aos pouquinhos, vou descobrindo. Uma rua diferente, uma expressão diferente, um rosto diferente, uma bebida diferente. Uma marca de chocolate diferente. Até um jeito diferente de fazer uma compra. Quando a gente muda pra um outro país, tudo é novo, tudo vale a pena ser explorado.

Passei pelas quatro estações! Vi as ruas quase desertas quando cheguei, o pessoal aparecendo timidamente quando a temperatura começou a ficar próxima de 0ºC, a invasão das bicicletas quando o gelo e a neve derreteram, o calor do capeta que faz em julho, o colorido do outono e todo mundo sumindo de novo no inverno. E adorei! Quando dei por mim, já estava falando para as pessoas que cheguei "no fim do inverno" e que estudei inglês "no verão" e, de repente, isso tinha sentido, sim!

Mas, acho que o mais importante, é que não sou o mesmo cidadão assustado que desembarcou no aeroporto de Montreal em 15 de março de 2015. Não que eu tenha deixado de ser o nerd tímido que sempre fui para ser estrela do rock popular. Certas coisas não mudam (ainda bem), mas é aquela típica situação em que posso dizer sem medo de exagerar: se eu soubesse como seria, teria me estressado menos :)

Para esse próximo ano, meu maior desejo (além de continuar cultivando o bem-estar que redescobri aqui) é poder dar um rumo profissional pra minha vida. Se tiver que voltar para a faculdade, vamos lá; se for pra ir pro mercado de trabalho direto, simbora; mas quero poder fazer algo que me deixe em paz comigo mesmo. Quero continuar construindo a vida aqui, em suma, pois acho (ainda só acho) que vim pra ficar.

Feliz um ano de Canadá pra mim!

À bientôt!

15 comentários:

  1. Parabéns Doug!!! E que venham mais muitos anos!!! Mas diz aí. Neste primeiro ano, o que mais te surpreendeu? O que foi/tem sido mais difícil? O que achava que seria difícil e acabou sendo tranquilo na adaptação? Boa sorte no próximo ano!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Diogo!! Vamos lá: uma das coisas que mais me surpreenderam aqui foi o tanto que as pessoas são gentis. Eu já havia lido a respeito em outros blogues, mas experimentar isso de perto é outra coisa. Você se sente acolhido. O que tem sido mais difícil pra mim é lidar com minhas expectativas em relação ao francês e ao rumo a tomar aqui. Eu exijo muito de mim em relação aos idiomas, e isso embola o meio de campo que vou te contar... Quanto às coisas que achei bem mais tranquilas do que imaginava, posso citar o inglês, encontrar um apartamento e conhecer montrealenses. Achei que ia penar um pouco com inglês (mas estava bem mais preparado do que imaginava), que ia sofrer pra poder encontrar um lugar pra ficar (mas arrumei super-rápido) e que ia demorar uma era glacial e meia pra conhecer e me aproximar de quebecos legítimos (mas tenho dois amigos daqui, e conheço outros quebecos, embora não sejamos próximos).

      Estou tentando arrumar tempo pra fazer um vídeo de um ano falando sobre alguns desses assuntos. Nesse meio tempo, se quiser perguntar alguma coisa, manda ver :)

      Excluir
  2. Parabéns, meu parceiro! Não tenho dúvidas de que este ano foi excelente para ti, e até aqui você tirou de letra!
    Ansioso para ver seu segundo ano, e também para viver o meu primeiro logo mais. Chego mês que vem por aí!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, meu caro!! Realmente, foi bem mais tranquilo que imaginava!! Quer dizer que já vai estar por aqui mês que vem?? Me avisa, a gente vai precisar colocar o papo em dia!

      Abraço e boa vinda hehehe

      Excluir
  3. E diz aí, Doug! São tantas novidades, cagaços, afazeres, descobertas neste primeiro ano que a gente nem se dá conta do tanto que crescemos como pessoa. Baita aprendizado e desapego! Quando desacelero e reflito tudo que já passei aqui, sinto um orgulho danado de mim. Tô caminhando pro segundo ano e sou, definitivamente, outra mulher. É claro que ainda temos muito que evoluir, mas prefiro a Nilian de hoje do que a do Brasil!
    Um abraço e parabéns! Rumo à cidadania, meu caro! :D
    E segue a Primavera...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Nilian, nem me fala... por isso que a menção honrosa do post foi pro fato de eu ser bem diferente do Chico Bento que chegou aqui. Como você se falou, a gente cresce sem perceber e, quando para pra ver, a gente mal lembra que tinha receio de alguma coisa.

      Enfim, que venham os próximos anos!! Rumo à cidadania :D

      Excluir
  4. Awee Doug, faz tempo que não apareço pra comentar mas sempre olhando rsrsr

    Parabéns por esse 1 ano e que venham muitos outros!

    Força e fé que tudo dá certo!

    Abraços

    Itanauã

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigadão, Itanauã!! Continuo esperando vocês por aqui pra passar por essas coisas também!

      Abraço!

      Excluir
  5. Homi, manda noticias...!

    Itanauã

    ResponderExcluir